domingo, 29 de janeiro de 2012

Qual o senhor que se segue?

O FC Porto perdeu esta noite ao fim de 56 jogos em Barcelos para a Liga portuguesa. Cinco são os pontos que separam FC Porto e o Benfica ao cabo de 17 jogos. Apesar da curta distância e dos inúmeros pontos em disputa é quase certo que o projecto Vitor Pereira está a chegar ao fim. A eliminação da Taça e a saída prematura da Champions são motivos suficientes para que Pinto da Costa pense num substituo para Vitor Pereira no final da época. A manta é curta e o futebol produzido deixa muito a desejar, mesmo que a falta de um Ponta de Lança credível na equipa azul e branca não seja culpa do actual técnico.

Até ao jogo da Luz, o FC Porto ainda terá de jogar no campo do Nacional e aí se verá de que fibra é feita o actual campeão, mesmo tendo em conta as saídas de Belluschi e Guarin. Aliás, não se entende a não utilização do colombiano quando este foi fundamental na conquista dos troféus da época passada. O FC Porto tem no imediato dois grandes testes na sua candidatura à revalidação do título : Choupana e Luz são deslocações dificeis e pelo meio ainda há o Manchester City.

Perante este cenário há que começar a especular sobre o sucessor de Vitor Pereira no banco dos dragões para a próxima época em que terá de ser feita uma limpeza de balneário. Domingos pode ser uma solução caso o Sporting acabe a época sem Taça e fora do acesso à Champions. Pedro Emanuel está a fazer um excelente trabalho na Académica e conhece a casa como ninguém. E tem mais competência que o seu ex-companheiro. Leonardo Jardim está preso a um contrato de três anos no Braga e ainda é cedo. Jorge Costa está muito longe e a ganhar na Roménia. E ainda há o surpreendente Sérgio Conceição que está a fazer um excelente arranque no Olhanense e promete vir a ser um treinador no futuro. E também tem a escola portista. Curioso que dos nomes apontados apenas Jardim não foi "fabricado" no Dragão.

São os treinadores da casa que têm sucesso no Dragão. Tirando Jesualdo Ferreira, todos os outros campeões foram baptizados no Dragão e na nossa 1ª Liga não faltam Dragõeszinhos à espera de serem chamados pelo Mestre para irem treinar a equipa do seu coração.

Sem comentários:

Share Button