sexta-feira, 16 de março de 2012

Barómetro Político - A figura de Estado

Iniciamos hoje a análise ao Barómetro Politico OLHAR DIREITO, que pretende analisar o sentido e a satisfação dos portugueses em relação à actividade política nesta legislatura.

Começamos com a pergunta: Qual a figura de Estado que mais se tem destacado?

Ao contrário do que seria de esperar, os leitores do blogue elegeram até ao momento o PM como aquele que tem estado em maior destaque neste meio ano de exercício de funções. E digo isto, porque normalmente é o PR quem costuma recolher o maior número de simpatia nestas sondagens e tendo em conta o momento que atravessamos o PM seria sempre um alvo fácil a abater. O actual PM recolhe 54% da simpatia, que se traduzem em 26 votos. Este resultado deve-se essencialmente à honestidade com que PPC tem dirigido as dificuldades e porque este é um esforço colectivo que tem de ser levado a cabo por todos. O facto de Cavaco Silva reunir 18% traduzidos em apenas 9 votos está relacionado com a falta de atitude política do PR. E esta vingança a Socrates foi mais uma exemplo disso mesmo.

Preocupante é o facto do lider da oposição, neste caso António José Seguro estar atrás dos Sindicatos com 8% e 4 votos apenas. É notório a falta de capacidade política para o lider do PS conseguir fazer uma oposição credível e eficaz e isso reflecte-se em qualquer tipo de sondagens. Os Sindicatos, por sua vez, estão a ter um papel importante e activo nesta legislatura, muito por culpa das medidas de austeridade impostas pelo governo. As greves gerais têm sido uma constante desde há um ano para cá e as greves nos sectores, como por exemplo o dos transportes; são reflexo da insatisfação do sector. Pela força que ainda detêm no nosso país, merecem 12% e 6 votos.

Por fim, a Presidente da AR que ainda não teve tempo para brilhar nem para dizer asneiras. Também é verdade que o seu cargo não é de grande "exibição" publica. É sim, mais uma figura decorativa. Tem 6% que se traduzem em 3 votos.

Em jeito de conclusão, é positivo o facto do Primeiro-Ministro ser a figura de Estado que se tem mais destacado nestes meses. Significa isto que o país acolheu de bom grado as medidas de austeridade impostas pelo governo e pela troika.

A próxima questão a analisar será : Qual o melhor lider partidário até ao momento?

Sem comentários:

Share Button