Etiquetas

sábado, 10 de novembro de 2012

A Grande Viagem dos Salmões - A foca LII

(...)


A foca Ludmilla vivia sozinha no seu pequeno cubículo há muitos anos. A sua vida não passava de uma inutilidade, sendo que praticava os mesmos rituais todos os dias. Não havia alterações à sua vida e isso causava-lhe um transtorno enorme. Vivia isolada na sua concha que construíu para se isolar do resto do Mundo. Corria o mito daquela zona que Ludmilla tinha uma prisão para quem se atravessasse no seu caminho. No entanto, ela fazia aquilo por diversão e nada mais e além disso as presas eram sempre animais muito inferiores a ela. Assim, conseguia capturá-los facilmente sem ter de correr riscos maiores. Além do mais, os prisioneiros eram sempre animais que se encontravam perdidos por aquela zona. Nunca comeu um peixe que fosse, queria era ter o prazer de ver os outros fechados. À semelhança do que aconteceu com a sua vida.....


Sem comentários:

Share Button