terça-feira, 29 de março de 2016

Assim, Não!

Na sequência dos atentados em Paris, ocorridos a 13 de Novembro transacto, o Estado Islâmico (EI) publicou uma infografia onde elenca alguns dos seus objectivos, sendo o principal a criação de instabilidade nos países europeus. Um modo de alcançar esse objectivo é dividir as populações; virando-as umas contra as outras e, acima de tudo, fazê-las culpar todos muçulmanos pelos actos terroristas.

No passado domingo, na praça da Ópera, em Bruxelas, arruaceiros, ditos 'hooligans', alguns empunhando uma larga faixa dizendo 'Casuals Against Terrorism', provocaram distúrbios, destruindo a atmosfera de luto ali vivida, desrespeitando tudo e todos, semeando a violência, acicatando o ódio, promovendo a divisão.


À luz dos objectivos declarados pelo EI, os arruaceiros de domingo estiveram a agir em favor dos extremistas islâmicos. Em vez de a “manifestação” ter sido uma marcha pela paz, como estava planeado, tivemos acontecimentos graves que só contribuem para dificultar a luta contra a ideologia extremista do EI. Acções como as que ocorreram, que alimentam os extremismos, não podem ser permitidos pelas autoridades, sob pena de perdermos a dura luta que nos espera. As autoridades têm de actuar rapidamente, com o inequívoco apoio da população, para acabar com todos os extremismos. Todos, sem excepção.

Texto de João Vale Sousa

Sem comentários:

Share Button