quinta-feira, 13 de julho de 2017

Ano 2012: A eleição mais fácil para Obama

A corrida para o segundo mandato na Casa Branca tornou-se bastante fácil para Barack Obama. Em primeiro lugar porque não teve concorrentes nas primárias, já que, a recandidatura seria sempre vantajosa contra qualquer oponente. Em segundo, o presidente norte-americano sempre teve o partido na mão. Por fim, na eleição geral derrotou claramente Mitt Romney.

As eleições acabaram por ser desinteressantes porque não houve primárias nos democratas e nos republicanos a candidatura de Mitt Romney derrotou bastante cedo os restantes 12 candidatos que desistiram ao longo do percurso. 

O grande confronto estava marcado para Novembro de 2012 entre Romney e Obama. O democrata ganhou no voto popular, na percentagem, além de ter conquistado maior número de votos eleitorais. Neste aspecto, o presidente esmagou Romney com 332 contra 206. A percentagem foi o factor mais equilibrado, já que, no voto popular, Obama conquistou mais cinco milhões que o opositor. 

O empresário republicano obteve um melhor resultado do que em 2008, onde tinha perdido nas primárias, mas os números mostram que ainda existia uma grande diferença entre um político e alguém com pouca experiência em cargos públicos, apesar de Romney ser considerado como membro do establishment republicano. Nestas eleições, um dos grandes apoiantes foi Donald Trump. 

Sem comentários:

Share Button